Feeds:
Posts
Comentários

Inspirada pela Flávia Gontijo, escrevi esta carta convite correndo pois estava atrasada para uma reunião…

Carta Convite:

Junte-se a nós neste domingo, dia 05 de Junho de 2011 para promover a maternidade consciente e a amamentação materna no Mamaço Nacional.

Fomos inspiradas pelo Mamaço Cultural que aconteceu em SP após uma mãe ter sido convidada a se retirar de uma exposição por estar amamentando, e pela Kalu Brum, ativista da ONG Bem Nascer e jornalista, que na mesma semana teve uma foto amamentando retirada do seu perfil no Facebook por ser considerada imprópria.

O movimento apareceu em diversos programas jornalísticos, e foi motivo de muita polêmica. Mães foram criticadas por amamentarem em público, por não esconderem seus seios, não usarem chupeta e por não se comportar da maneira esperada.

Domingo, no Parque Municipal, em frente ao Teatro Francisco Nunes, estaremos reunidas em um evento em prol da maternidade consciente e do empoderamento feminino. Ser mãe não é se comportar da maneira esperada, mas sim buscar o que é melhor para o seu filho. Faça sua voz valer.

A amamentação é um gesto de amor e saúde que deve ser incentivado ao máximo pela sociedade, e respeitada. A OMS – Organização Mundial de Saúde, que é autoridade máxima, recomenda a amamentação por no mínimo dois anos, sendo exclusiva até os seis meses de idade. O uso de chupetas, bicos, mamadeiras e leites artificiais deve ser desencorajado pois causam diversos problemas de saúde, além de incentivar o desmame precoce. Antes de seis meses de idade, nada de chás, chupetas ou pouco colo, mas sim muito amar e amamentar.

O que buscamos no Mamaço Nacional é reunir o maior número de mães possível, para tirarmos dúvidas sobre amamentação, alimentação e eliminar de vez o mito do bebê mimado. Teremos uma Roda extraordinária sobre amamentação com ONG Bem Nascer e o programa BH pelo Parto Normal. Amor nunca é demais, e para alegrar a garotada teremos palhaços e oficinas de shantala e yoga para crianças. Mesmo as mães que não amamentam mais estão convidadas a se juntar ao movimento. Traga sua canga ou tapetinho para ficar mais a vontade.

O Mamaço Nacional  acontecerá em diversas cidades brasileiras e esperamos uma ampla cobertura da mídia. Temos confirmadas as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Belém, Recife, Brasília, Curitiba e Campinas. Em Belo Horizonte, esperamos você e sua família para ajudar a criar uma sociedade onde o bem estar e a saúde da sua Família sejam prioridade. Onde o governo e a sociedade apóiem o direito da mãe amamentar seu filho publicamente, da maneira que preferir, e com seis meses de licensa maternidade garantida por lei para se dedicar exclusivamente ao seu bebê.

Traga sua canga e fotos pessoais amamentando seus filhos para fazermos um varal de exposição pró-amamentação.

Apoio:

ONG Bem Nascer, Movimento BH pelo Parto Normal, Secretaria de Saúde de Belo Horizonte, quem mais, dou lhe uma, dou lhe duas…

Peças de SP

E agora, as peças em .cdr     http://www.megaupload.com/?d=13ZTTDUA

Logo Recife

Meninas, para quem precisar, a logo de Recife está aqui! 

Texto de Maribel Barreto

Para o Rio de Janeiro, a idéia é fazer um piquenique no parque, onde cada um traga um lanche ou uma fruta para uma celebração coletiva.
Além da roda de amamentação, teremos a participação de mães artistas apresentando seus trabalhos.
Já temos confirmada a apresentação de um recital de Kantele, um instrumento finlandês, com Marília Felicíssimo, Teatro de mesa para as crianças pequenas com Ana Luiza e Miza, Contação de Histórias para os maiores com Maribel Barreto.
Estamos sugerindo também, que as mães tragam fotos pessoais amamentando seus filhos, para fazermos um varal de exposição dessas fotos.

Mamaço Recife

Texto da Patricia Arouca, usado para conseguir patrocínios! Fica a dica 😉

 

Cinco de Junho é dia do meio ambiente e por esta razão foi escolhido para a realização do evento Mamaço Nacional. O movimento pela amamentação já é antigo e consolidado, basta ver quantas ONGs mantém atuante a conscientização e a valoração da amamentação.

Mas a expressão “Mamaço” surgiu após a antropóloga Marina Barão ter sido impedida de amamentar, há cerca de dois meses, pela monitoria da exposição do artista plástico Leonílson, no Instituto Itaú Cultural da Avenida Paulista, com a argumentação de que era proibido alimentar-se naquela sala. A mãe portava seu bebê de dois meses num sling e, ao sentir que ele estava com fome, naturalmente o colocou para mamar. Após o incidente, Marina organizou o movimento a que chamou de “Mamaço Cultural”, e que reuniu pouco mais de 50 mães em um evento apoiado pela instituição, que se retratou publicamente.

Paralelamente, nos dias que antecediam o evento, que aconteceu no início deste mês de maio, a jornalista Kalu Brum publicou em seu perfil, na rede social Facebook, uma foto amamentando seu filho. No dia seguinte, o Facebook enviou-lhe uma mensagem, comunicando que sua foto seria retirada por apresentar conteúdo impróprio. A Jornalista criou então uma comunidade na rede, convidando a todos que trocassem a imagem de seus perfis por uma foto de amamentação e, aludindo ao evento em São Paulo, chamou a comunidade de “Mamaço Virtual – Porque Amamentar é Beleza Pura!”, além de ter acontecido uma blogagem coletiva em muitos blogs escritos por mães.

Os dois eventos foram um sucesso, pois abriram ainda mais espaço para se discutir a valorização da amamentação, e, dessa forma, discutir também a inclusão de espaços destinados à amamentação em locais públicos.

A temática é abrangente e envolve não só questões políticas e antropológicas, como permeia toda a sociedade, demonstrando ser necessário um redirecionamento em toda a estrutura pensada até então, para que a Família seja prioridade na construção de uma nova sociedade.
Assim surgiu o evento “Mamaço Nacional”, a fim de dar continuidade ao evento que já aconteceu na cidade de São Paulo, para que o tema se faça ainda mais presente nas mídias e nas pautas do Congresso.
Muita cidades já confirmaram sua participação, tais como: Belo Horizonte, Recife, Florianópolis, Curitiba, Belém, São Paulo, Brasília, e outras que estão aderindo e juntando forças.

O evento está sendo produzido por mães em caráter informal, sem fins lucrativos, e a pretensão é de reunir mulheres e sua rede de apoio num espaço público para conversar, trocar informações, ampliar as redes de apoio e amamentar os seus filhos.

Para o Recife, a ideia é fazer uma roda de amamentação coletiva que envolverá atividades como um grupo de discussão, envolvendo temas como os mitos que envolvem a amamentação, e o compartilhamento de experiências e dificuldades individuais, além de já estar confirmada uma oficina de Shantala e Baby Yoga e sorteios de brindes de empresas que estão apoiando o evento.

O Mamaço Recife está sendo apoiado pela Livraria Cultura – que cedeu o seu valioso espaço -, Livraria Jaqueira – que cedeu a criação da logomarca exclusiva do evento de Recife -, Espaço Crê Sê e Instituto Nômades – que ofereceram muito apoio na parte burocrática através da figura de Dan Gayoso -, Ishtar – Espaço para Gestantes – que ofereceu muito apoio na parte burocrática através da figura de Nélia de Paula -, Eco.b – que ofereceu brindes relacionados à amametnação e maternidade para serem sorteados -, Rede Parto do Princípio – que oferece apoio sempre que o assunto é parto e amamentação -, e Farmácia Homeopática Pirâmide – que ofereceu brindes relacionados à amamentação para serem sorteados .

Serviço:
Livraria Cultura
dia 05/06/11
das 12h as 15h

Mais informações:
Patricia Arouca: (81) 8850 2044 – patyangola@hotmail.com

PROGRAMAÇÃO MAMAÇO SP

Já saiu a programação de SP! Copiei de um texto da Fabiana Araujo Guerra:

Nos encontraremos na Marquise do Parque do Ibirapuera dia 05 de junho (dom)

Entrada pelos portões 3, 6 e 10

Como chegar ao parque: http://www.parquedoibirapuera.com/como-chegar.php

 

14h- Recepção dos participantes

15h – Apresentação do Grupo Materna em Canto

15:20h – Slings – Rosangela Alves (Sampa Sling)

Eloisa Arruda (Maria Naná Wrap Slings)

15:50h – A importância do Ato de Amamentar – Simone de Carvalho (Aleitamento Materno Solidário)

16:10h – Emponderamento – Fabíola Cassab (WABA)

16:30 – Grupos de apoio – Flávia Gontijo (Matrice)

16:50 – Vivência Reflexologia em Bebês – Mércia de Moraes (Mães Coruja)

17:20 – Brincar é coisa séria – Ana Thomaz (Vida Ativa)

Pedimos que para ficar mais confortável, as mamães levem suas cangas e toalhas para forrar a grama.

Não esqueçam de levar um lanche para um pic-nic coletivo.

Aceitaremos doações de roupas de bebê para levarmos à uma entidade.

 

Bacana demais! Mto sucesso!

Logo


Exemplo para Logo - BH

Meninas,

Esta é a logo que utilizaremos no Mamaço Nacional.

Uma prima dela foi criada para o Mamaço Virtual promovido pela Kalu Brum e pelo Blog Mamíferas, e esta foi adaptada pela Mariana Andrade para a gente.

É importante que todas utilizemos a mesma identidade visual, com exceção da cidade de Recife que terá uma marca própria. Para mais informações, visite a discussão no facebook. Mas mantenha o foco em produzir o evento, que o tempo está curto!

Falta só escrever o nome da cidade de vocês. Dá para fazer de casa, é só usar a fonte Cicle semi que está aqui também [só clicar com o botão direito e instalar no windows]. Para quem não sabe como fazer, usem a Candara mais ou menos o tamanho 60 para escrever o nome da cidade e deixar bem alinhadinho.

No Corel Draw: http://www.megaupload.com/?d=6E265TKL

Em pdf : http://www.megaupload.com/?d=2B5QAWDU

Em jpg, tamanho grande: http://www.megaupload.com/?d=V955Y7YG